Código de condutas

REGULAMENTO LIGA GALLAECIA

CÓDIGO DE CONDUTA

  1. A Liga Gallaecia tem como prioridade o fomento do desporto misto, inclusivo e de base, articulado numha competiçom galega.

  2. A Liga Gallaecia carateriza-se por umha série de valores definitórios que toda equipa e integrantes, deve contribuir a promover e conservar dentro e fora do jogo.

  3. Com a finalidade de preservar ditos valores, e como complemento imprescindível do regulamento genérico da Liga, pomos em prática umha série de medidas que toda equipa e as suas membras deve cumprir:

Somos umha liga inclusiva e igualitária

Rechaçamos, denunciamos e sancionamos qualquer comentário, comportamento, práticas e atitude que atente contra a integridade física e moral das jogadoras/es e da árbitra/o.

Entendemos qualquer comentário ou comportamento motivado por distinçons de género, orientaçom sexual, aspeto físico ou procedência geográfica ou cultural, como umha atitude discriminatória que será sancionada com cartom vermelho à jogadora ou jogador que nela incorra.

Entendemos que as diferenças físicas som individuais e nom por razons de género e polo tanto nom praticamos um jogo condescendente com as companheiras mulheres.

A agressom física ou verbal premeditada a outra ou outro jogador sancionamo-la com cartom vermelho, de acordo com o já recolhido no regulamento.

O protesto às decisons da árbitra será sancionado com cartom preto, de acordo com o já recolhido no regulamento.

A agressom física ou verbal à árbitra será sancionada com cartom vermelho, de acordo com o já recolhido no regulamento.

Qualquer comentário, comportamento e atitude procedente das pessoas siareir@s assistentes ao jogo, que atente contra a integridade física e moral das jogadoras/es e da árbitra, saldará-se com a expulsom do campo da pessoa ou pessoas que nisso incorram.

Todas e todos os jogadores nos comprometemos coa denúncia de práticas discriminatórias por parte doutras e doutros jogadores da Liga ou de Siareir@s do jogo.

Atuamos com desportividade

Nom jogamos de forma agressiva de modo pretendido, jogamos limpamente e sem trampas.

Nom nos obcecamos com a vitória, priorizamos o divertimento e o jogo justo.

Reconhecemos os erros e assinalamos os das companheiras/os de forma respeitosa e com o único objetivo de favorecer a aprendizagem coletiva e umha competiçom justa.

Preocupamo-nos com as jogadoras/es que pudérom ter-se feito dano e facilitamos ajuda.

Atuamos com diligência nas instalaçons desportivas, favorecendo o bom trato às mesmas.

Apelamos à responsabilidade coletiva

Toda equipa que participe da Liga compromete-se com que as suas jogadoras/es conheçam, respeitem e promovam o cumprimento deste código.

O cartom vermelho com que se sancionarám as agressons verbais e físicas a outras jogador@as é mais umha forma de trabalhar a aprendizagem e responsabilidade coletiva de cada equipa com os valores que caraterizam a Liga.

Qualquer equipa que durante mais de três jogos consecutivos tenha jogadoras/es que fôrom sancionadas com cartom vermelho por comportamentos e práticas discriminatórias ou agressons físicas, deverá apresentar ante a Coordenadora da Liga Gallaecia umha bateria de medidas destinadas a corrigir a problemática e a confirmar o seu compromisso coletivo com os valores da Liga. De nom apresentar ditas medidas ou apresentando-as, incorre novamente na mesma sançom e por iguais motivos, debaterá-se a permanência da equipa na Liga.

NOTAS FINAIS:

A sançom de cada cartom é:

– Amarelo > 1 ponto

– Preto > expulsom do jogo podendo ser substituída + 1,5 ponto

– Vermelho direto > expulsom do jogo (sem substituiçom) + 3pontos >2 jogos de sançom

* 3 pontos acumulados > 1 partido de sançom

É labor do trio arbitral revisar as fichas das jogadoras antes do jogo, elaborar a ata e subi-la ao grupo da coordenadora da Liga (modelo da ata está disponível como arquivo no grupo).

Descarregar em PDF